terça-feira, setembro 18, 2012

12 anos vivendo querendo viver




Março 2012




Lembro que ao ouvir a leitura de "Alícia en el país de las maravillas", quando muito pequena, fiquei entorpecida pelas imagens que o conto suscitou em minha mente.
 
Após algum tempo pude ver as ilustrações em alguns livros, mas aquilo que eu idealizara sem sombra de dúvidas era muito melhor que elas.
 
Sonhei, imaginei, brinquei de Alícia...Pensando o que ela pensaria em cada trecho do livro, o que ela sentiria a cada transformação, a sensação que era aquela liberdade plena de ir e vir, e correr riscos, pois o final feliz estava garantido.
 
Com essa estória aprendi a ler o final do livro, antes de terminá-lo...Um vício que ainda hoje pratico, mas creio ter criado por temor a que ela, Alícia, pudesse morrer ou sumir no mundo de lá, para sempre.
 
Se passaram anos e os personagens e imagens me acompanharam.
Eis que uma tarde, morna, quieta e silenciosa, de um dia entre semana, vejo na TV, "Alícia detrás del espejo"...E fiquei totalmente maravilhada!
 
Os espelhos que outrora me incitavam medo, pois quando neles me refletia se por muito tempo ante eles, coisas eu via...Coisas nem sempre tranquilas, que agora já adulta, sei serem naturais em certos seres não 'convencionais' por assim dizer, como eu...
Eles os espelhos se tornaram condutores ao mundo do fantástico e o maravilhoso.
 
Agora os apreciava e cuidava, os admirava e queria.
Quantas vezes quis transpor sua fria superfície?
Quantas vezes encostei minha face neles e ao fechar os olhos me senti lá?
Muitas e muitas viagens eles me permitiram realizar...
 
Hoje tenho uma Alícia, que também vê 'coisas' e 'sonha com estórias', viaja com elas, transpõe mundos.
 



Setembro 2012


Ela, minha Alícia, me fez desejar estar deste lado, após muitas 'idas' sem quase 'voltas'.
Espero que saibas Alícia quanto és importante nos meus dias.


Luciana Onofre

[feliz vida Alícia minha] 

ps: Alícia, a minha, completa doze anos esta semana, sábado.
 

8 comentários:

  1. Meus deuses... Que coisa mais linda.
    Eu, como boa manteiga derretida, me emocionei!

    Amor que não acaba nem de uma espiral a outra...

    Beijo para você e para ela.

    ResponderExcluir
  2. Mocina linda e promissora!ORGULHO DAS TIAS! HEHEHE

    ResponderExcluir
  3. Gente, ela está enormeeee!!! E linda!!!
    Uma moça!!!
    Linda, linda!!!
    Felicidades, Alícia!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Linda sua Alícia. Parabéns pra vc e pra ela. Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Que linda Alicia está!!! Uma moçona!

    Acho muito gostoso ver que nossa cria vai crescendo e se tornando nossa companheira...

    ResponderExcluir
  6. Invitación

    Yo soy brasileño, y tengo un blog, muy simple.
    Estoy lhe invitando a visitar-me, y se posible, seguimos juntos por ellos.
    Fuerza, Alegría y Amizad.
    Ven acá, y, deja un comentario

    http://www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir

pensados e proferidos